Buscar
  • iglesiaortodoxaser

São Symeon de Dajbabe, roga, pois, a Cristo Deus que salve as nossas almas!


DIA DA VERDADE

Hoje, a Santa Igreja comemora São Symeon de Dajbabe, um santo sérvio, mais especificamente, montenegrino.

Enquanto nosso Brasil acostumou-se a superstição do chamado "dia da mentira" em 01Abr, a Igreja comemora um santo comprometido com a Verdade.

Em seus dias, São Symeon pediu a autorização do abade de seu mosteiro, o mosteiro de Ostrog, para deslocar-se até um cemitério em Podgorica, a futura capital de Montenegro.

Perfurando uma grande pedra por dias a fio, ele cavou e cavou até fazer a caverna onde viveu e celebrou os Santos Mistérios (assim a Igreja chama mais apropriadamente os Santos Sacramentos) por todo o seu sacerdócio, mais tarde, elevado ao episcopado.

Aquela pedra ainda se tornaria um testemunho de vida, transformando o cemitério em mosteiro e muitas vidas que testemunham ali a Vida verdadeira em suas santas relíquias expostas à veneração dos fiéis na capela da caverna onde celebrou a mesma ressurreição, de que hoje partilha.

São Symeon viveu dias de infortúnio quando profeticamente lhe foram dadas revelações sobre os destinos de seu povo e de tantos povos do mundo por ocasião da Segunda Guerra Mundial.

Como um monge recluso numa caverna poderia desvendar os mistérios que ocorreriam com o mundo?

Aquele que assumiu toda dor humana permitiu-lhe sentir antecipadamente as dores inigualáveis dos dias horrendos inaugurados pela ambição da civilização ocidental com sua velha sede de domínio mundial.

Eis, um antigo sonho judaico herdado pelo papado medieval e transformado em a ideologia pelo comunismo para a destruição do povo católico verdadeiramente ortodoxo, como maquete de uma possível dominação mundial.

Herdeira da Internacional Soviética, e por ela financiada, a Alemanha nazista agora veiculava uma edição mais atualizada do socialismo com a dialética historicista de Hegel, um filósofo agenciado pelo governo prussiano para normalizar entre os povos arianos a noção de domínio mundial.

O programa de ação começava condenando as virtudes pessoais e seguia exaltando o Estado que representasse a raça eleita. Só ele veicularia a salvação do mundo através do império da igualdade, no qual as demais raças seriam conduzidas à construção do paraíso na terra, lugar do sacrifício da liberdade pessoal e do culto ao Estado Forte.

Eis, a única esperança de regulação da economia mundial e de controle do modo de produção capitalista. E finalmente a dialética histórica salvaria o mundo do atraso da fé, era o grito do totalitarismo ensurdecedor na Europa, de então.

Só a Verdade Eterna salvará o mundo!

Eis, o sussurro silencioso das celebrações de Dajbabe, o antigo cemitério e novo local da Vida verdadeira que brotava dos lábios de São Symeon.

Dali, São Symeon pulsava no oculto de uma nação trucidada pela Grande Guerra e dizimada pelo nazismo na Croácia que, em nome do catolicismo romano, chegou a matar mais sérvios ortodoxos antes da guerra do que o holocausto judeu depois dela.

Desde a caverna de Dajbabe, todavia, São Symeon cumpria a predição do Santo Profeta Ezequiel: "E saberão que houve nos meio deles um profeta!".

Eis, o arauto do Senhor e testemunha do Salvador que anunciava fielmente a Palavra da Verdade entre as misteriosas revelações em meio às santas celebrações do mosteiro de Dajbabe.

Como exemplo de vida espiritual, São Symeon Popovic, intercedia diante do trono do Rei da Glória, acariciando os corações dos que corretamente ousavam crer e ainda faziam confissão dos seus pecados.

Desde sua juventude, nosso Senhor e Salvador dava testemunho de seu reto ensino acerca da Palavra da Verdade, sendo servido revelar-lhe mistérios ocultos desde a fundação do mundo e escrever seu nome no Livro da Vida do Cordeiro.

São Symeon de Dajbabe, roga, pois, a Cristo Deus que salve as nossas almas!

A Verdade resplandeceu em teus dias!

Hoje é o Dia da Verdade!

Que o Brasil, a Sérvia, Montenegro e o mundo celebrem a Vida!

Que teu exemplo de santidade vocacione à Verdade Eterna, lugar verdadeiro da transfiguração da história por entre os labores escondidos da Vida permanente que ainda habita a caverna de Dajbabe!

Padre Jairo Protopresbítero da Igreja Católica Ortodoxa Sérvia no Brasil

Patriarcado da Sérvia Grande Quaresma, 2020 Comemoração de São Symeon de Dajbabe


0 vistas

Sede de la Diócesis: Catedral de la Natividad de la Virgen

calle 15 de Noviembre de 1889 - N° 1536

(1130) Ciudad Autónoma de Buenos Aires, Argentina

Teléfono: +54-11-4304-1211

e-mail: spc.buenosaires@gmail.com

www.iglesiaortodoxaserbiasca.org